sábado, 15 de janeiro de 2011

Apego

Por necessidade, estou vendendo os livros que usei na faculdade. Não pensei que iria ser uma tarefa tão comovente.
Sentei no chão ao lado da pilha de livros e fui selecionando por assunto. Enquanto separava, lembranças vinham em minha mente e não tive como evitar emoções e consequentemente as lágrimas. E se eu precisar de algum deles? E se algum dia eu quiser ler novamente?
Cada livro uma lembrança e uma história. Cada livro um pedaço de mim. Como colocar um valor? Está sendo o exercício de desapego mais difícil que já fiz.



"O apego não quer ir embora
Diaxo, ele tem que querer"

2 comentários:

  1. Compartilho com vc o apego aos livros...ai ai! Parece que eles têm um pouco de nós, mas somos nós que carregamos todos eles!

    ResponderExcluir